MÉTODO DE TRABALHO EM LEILÕES JUDICIAIS

• Após contato telefônico com o escritório da parte exeqüente, se demonstrado interesse, acompanhamento do processo em cartório, com informações do andamento;
• A remessa do mandado ao avaliador, e retorno ao cartório;
• Informação do valor da avaliação do bem, ou de qualquer outra informação pertinente à diligência. Adoção de providências em caso de necessidade de avaliação indireta;

Após a indicação e nomeação:
• Análise minuciosa do processo. O zelo com a lisura dos procedimentos é nosso diferencial, juntamente com a agilidade nos trabalhos;
• Expedição de custas judiciais de intimação, e/ou dos Editais de Intimação, nos casos em que o paradeiro do réu seja reconhecidamente incerto ou não sabido;
• Expedição das certidões do Ementário, em caso de imóveis, conforme determina o Código de Normas;
• Expedição de Mandados de Intimação, Editais e demais expedientes cartorários, tais como ofícios, Autos etc., por medida de segurança e com vistas a agilizar o feito, uma vez que o nosso escritório conta com experiência de mais de 20 anos no ramo;
• Expedição de anúncios, divulgação na internet com fotografias e demais meios de publicizar o leilão;
• Apuração de débitos referente (s) ao(s) bem (ns) objeto (s) de leilão para informação aos interessados;
• Petições requerendo intimações extras, quando necessário, tais como: Credor Hipotecário, Juízo Orfanológico, Fazenda Estadual, Curadoria, Defensoria etc. Formulação de quaisquer outros requerimentos necessários para aperfeiçoar o ato de leilão;
• Cartas ao advogado do autor, síndico do condomínio, ocupante do imóvel, informando as datas, local e horário dos leilões.

Após o leilão:
• Auto de Leilão negativo ou positivo;
• Prestação de Contas, e demais esclarecimentos solicitados.

Obs.: Caso haja interesse de V. Sa. em nos honrar com a indicação, pedimos que entrem em contato com o nosso escritório.
Receba informativos

Cadastre seu nome e e-mail para receber informativos sobre nossos leilões.

Nome:

Email:




Copyright © 2010 - 2011. Alexandre Costa Leiloeiro - Todos os direitos reservados